Policiais Civis e o representante do Ministério Público estão nesse momento na Câmara de Vereadores de Ilhéus realizando mandado de busca apreensão de documentos das gestões de 2009 a 2016. Um servidor do legislativo responsável pelo setor de licitação da gestão passada foi levado coercitivamente. O presidente atual da Câmara, o vereador Lukas Paiva está no local colaborando com a justiça.
A operação “Operação Citrus”, é realizada pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI) e suporte operacional da Polícia Civil, através do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e do Departamento de Polícia do Interior (Depin). Além dos seis mandados de prisão, estão sendo cumpridos seis mandados de condução coercitiva e 25 mandados de busca e apreensão.
http://averdadedeilheus.blogspot.com.br/